Arquivo da Categoria ‘Celular’

De quem é o sutiã encardido?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Ace é uma linha de produtos para deixar as roupas mais branca e recentemente, para chamar a atenção dos consumidores, lançou um enigma em diversos canais de mídia: de quem é o sutiã encardido?

Confira o vídeo:

O público pode ajudar a desvendar o mistério em acetodobranco.com.br conhecendo melhor as suspeitas e fazendo suas apostas. Acompanhe e aguarde a resolução do mistério :)

National Day of Unplugging 2011: Vamos desconectar?

sexta-feira, 4 de março de 2011

Hoje acontece o Dia Mundial da Desconexão, o “National Day of Unplugging”, que incentiva às pessoas a deixarem de usar celulares, computaores e internet por 24h, a partir das 18:00h de hoje.

Mais detalhes da iniciativa podem ser conhecidos no Sabbath Manifesto. A proposta deles é que as pessoas, nas loucas rotinas modernas, encontrem ainda um tempo para equilibrar-se consigo mesmas e “recarregar as baterias” do espírito.

Assim como Deus descansou no 7º dia da criação do mundo, o Sabbath Manifesto propõe que fizéssemos o mesmo, mas, omo sabemos que isso é impossível no mundo moderno, principalmente no aspecto profissional, eles sugerem pelo menos um dia ao ano totalmente “unplugging”.

Evitar a tecnologia é um grande desafio. Será que a gente consegue?

Você consegue ficar 24 sem usar redes sociais?

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Vi hoje esse vídeo super interessante sobre o que acontece em 24h nas mídias sociais. A verdade é que o poder de atração delas é mesmo muito grande. Em 24h muita coisa acontece, muitas informações, fotos, vídeos são postados, muitos comentários são feitos e tantas outras coisas que chegam a tomar uma dimensão que amedronta, às vezes.

Foi pensando nisso tudo que me dei conta de que há muito tempo, nem sei quando, não passo um único dia sequer sem acessar as mídias sociais, não importa se estou trabalhando, de férias, na academia, na casa do namorado. Com a praticidade do mobile as redes sociais vão comigo onde quer que eu esteja e é quase impossível não acessar, não querer saber o que acontece no mundo e na vida dos seus amigos.

Acho que vale uma reflexão para todos nós. As mídias sociais dão a cada ser humano uma importância única de participação no mundo. é incrível como é importante nos sentirmos parte integrante e ativa do que acontece ao nosos redor. As mídia sociais deixaram mesmo para trás os papéis de coadjuvantes para virarmos a atração principal, os protagonistas do filme da vida.

Assistam o filme e, se possível, comentem aqui as seguintes perguntas:

1) Quanto tempo você acha que conseguiria ficar sem acessar a internet e as redes sociais, mesmo com toda a facilidade de acesso (celular, wi-fi, computador e etc) à sua disposição e alcance?

2) Você já fez alguma “loucura” para acessar a Internet? Qual?

Redes socias são um sucesso. Alguém ainda duvida?

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Pesquisa recente do IBOPE mostra um pouco mais do que a gente já sabia: redes sociais são um sucesso!

A pesquisa também mostra que o acesso à internet cresce cada vez mais, principalmente entre a classe C, que com a facilidade de comprar celulares e notebooks com acesso à internet e preços bem mais acessíveis, já era de se esperar.

As redes sociais mais populares entre os brasileiros são, respectivamente: Orkut, Facebook e Twitter. O Orkut ainda domina grande parte da nossa web, mas vem perdendo terreno para o Facebook aos poucos e a disputa pelo segundo lugar entre Facebook e Twitter já está acirrada.

Seguir perfil de celebridades também é praticamente uma “regra” na web nacional: 60% das pessoas as seguem.

O número de produtores (33%) e influenciadores (10%) nas redes sociais, assim como em toda a web, é muito pequeno se comparado àqueles que são apenas espectadores (96%).

“A revolução não quando a sociedade adota novas ferramentas. Acontece quando a sociedade adota novos comportamentos.” Clay Shirky

Para ver a pesquisa completa acesse:

http://www.ibope.com.br/maximidia2010/download/Redes_Sociais.pdf

Mobile Marketing. Ainda temos muito chão pela frente…

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Que o celular é quase item obrigatório para uma boa parte da população brasileira a gente já sabe. O que não sabemos ainda é como melhor explorar essa mídia tão poderosa. Estamos engatinhando nessa área e fazer marketing com essa telinha ainda é um território pouco desbravado, mas a gente chega lá.

Para quem quer saber mais sobre o assunto vale a pena ler o livro #mobilize dos autores Roberto Cavallini, Lê Xavier e Alon Sochaczewski.

A versão em PDF do livro pode ser baixada em www.mobilizebook.com.br e a versão mobile em www.mobilize.mobi

O livro é curto, traz dados relevantes do poder dessa telinha e cases bem legais como o da Portela, por exemplo, que em parceria com a Positivo Informática, possibilitou que os espectadores do desfile da escola de samba em 2009 enviassem fotos e SMS que apareciam em um painel instalado em um carro alegórico.

O livro #mobilize ainda tem licença Creative Commons, ou seja, você pode copiar, distribuir, exibir e transmitir a obra, desde que de que não use-a para fins comerciais, não crie obras derivadas e atribua corretamente os créditos aos autores.

SMS indesejado nunca mais! Será?

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Não há nada mais chato, em pleno domingo, do que ser acordado com uma mensagem de texto no celular. Aí você abre o olho devagar, procura o celular pensando ser algo urgente, já imagina que possa ser algum amigo “sem noção” que bebeu demais na balada ou precisa contar desesperadamente as novidades da noite anterior, mas, quando você lê a mensagem, se depara com algum comunicado inútil da sua operadora de celular. Já aconteceu algo semelhante com você?

Pelo menos para mim não são poucos os casos não. Minha “adorável” operadora manda dezenas de SMS por semana e ignora meus pedidos de clemência para não enviarem mais descontos na sessão de cinema, notícias de trânsito, valor da conta de celular do mês – que em geral chega sempre depois que eu já paguei a conta – descontos em shows que eu não tenho o menor interesse, entre outras inutilidades.

Receber SMS indesejado é, para mim, mais frustrante do que receber um e-mail indesejado. E olha que e-mail indesejado já é absurdamente frustrante!

Fico pensando onde é que os marketeiros dessas empresas estudaram que não aprenderam nada sobre privacidade e marketing de permissão. Alguém acha mesmo que enviar conteúdo indesejado para seu cliente vai contribuir na suas vendas ou na preferência da sua marca? Empurrar conteúdos goela a baixo do consumidor é mais do que uma estratégia ultrapassada, chega a ser ultrajante.

Quando li hoje pela manhã a notícia no O Globo, de que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu proteger o consumidor (a partir de 1º de maio) e evitar que as operadoras de telefonia enviem mensagens pelo celular sem autorização do cliente, me senti quase em êxtase. Tomara que a decisão seja levada a diante e de forma séria pelas operadoras, preferencialmente com multas enormes para aquelas que praticarem o contrário, afinal, por ter privacidade o consumidor brasileiro agradece.