Arquivo da Categoria ‘Tendências’

Você sofre de SMPACI ou FOMO?

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Você é daquelas pessoas que passa o tempo todo acessando o e-mail, o Facebook, o Twitter? A cada 5 minutos PRECISA olhar o que seus amigos estão postando, o que as pessoas estão comentando, qual é o assunto do momento?

Então talvez você sofra de SMPACI ou FOMO, as novas síndromes advindas do nosso uso uso excessivo da internet. A SMPACI, é a Síndrome do Medo de Perder Alguma Coisa na Internet, que, em inglês, chama-se FOMO, sigla para Fear of Missing Out.

Essa síndrome apareceu recentemente em uma pesquisa da MyLife.com, que mostrou que 56% dos usuários de redes sociais sofrem dessa espécie de medo de que alguma coisa importante aconteça na internet e eles estejam por fora do assunto.

Essas síndromes são uma das explicações para certos números impressionantes que revelam a forma do nosso hiperuso da internet. Dentre eles, a revelação de que os internautas brasileiros passaram em média 10 horas e 26 minutos navegando em redes sociais, segundo estudo recente do IBOPE Media. Ou, segundo a pesquisa da My Life, o fato de que 51% visitam as redes com mais frequência do que faziam há 2 anos, 27% checam Facebook, Twitter e afins logo que acordam e, em média, administram cerca de 3 endereços de email ao mesmo tempo.

Vale conferir o gráfico feito pelo Mashable com dados assustadores do nosso uso excessivo da internet. Veja AQUI.

O dia que o Brasil parou. E mudou. E, a cima de tudo, PENSOU.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Este não é um post sobre a manifestação, suas causas, seus objetivos, nem sobre partidos políticos, sobre esquerda ou direita. Ë um post sobre Comunicação.

Eu, como todo profissional de Comunicação e Marketing, independente das minhas ideologias, protestos, defesas ou ideais, às quais defendo quando se trata do meu ambiente pessoal, me emociono com o poder da comunicação e da revolução que qualquer ideal possa ter diante das redes sociais. O poder mobilizador das mídias coletivas é, no mínimo, emocionante e inspirador.

Segundo informações do Estadão e do mapeamento online feito pela Scup, os comentários, posts, fotos, independente de suas opiniões, impactaram potencialmente mais de 79 milhões de internautas até ontem (segunda-feira, 17 de junho de 2013). Contra ou a favor, com foco definido ou com vários focos, sem saber direito o que fazer ou o que dizer, uma massa desconexa ou não, mas olhando pelo lado comunicativo da ação, o povo ganhava voz imediata, repercutida ao vivo, sem fronteiras. Isso gera um marco histórico ao nosso País. Se temos inúmeras dúvidas ainda de como vai ser o final desse capítulo de manifestações, qualquer que seja ele, já virou histórico.

As redes sociais e a comunicação coletiva através dos meios digitais, principalmente, ajudaram a levar mais de 230 mil pessoas às ruas nas principais capitais do País. Imagine organizar essa multidão sem as redes sociais e a comunicação coletiva? Imagine como era muito mais difícil qualquer tipo de manifestação no passado, na época da ditaura ou mesmo mais recente, no impeachment de 92 do ex-presidente Fernando Collor de Mello. Qualquer que seja a causa e as lutas dos movimentos dos últimos dias e os muitos outros que tem acontecido no planeta nos últimos tempos, já proporcionamos uma mudança história de comunicação e pensamento, uma vez que as redes sociais são populares e democráticas.

Foto: Fábio Motta/Estadão

Não há dúvida de que este é um momento de transformação da sociedade, LINDO de ver de perto. Já vimos o mesmo acontecer em outros países, por outros grupos, com outras ideologias e protestos, em outras guerras, mas não havia acontecido de forma tão contundente no Brasil ainda. E ver isso ao vivo e a cores, nas ruas, nas janelas, nos carros ou na tela do computador, do smartphone ou do tablet, não importa. A revolução digital está acontecendo aqui e agora. E mais do que lutar por qualquer causa, a revolução digital faz algo muito mais significativo, ela faz o povo, acima de tudo, PENSAR. E não é pensar, discutir, debater e se mobilizar para ver o último capítulo da “Avenida Brasil” ou o jogo da Seleção, mas é pensar sobre aquilo que realmente importa. É lindo de ver que estamos criando, ou recriando, uma atuação cidadã consciente, usando os meios digitais para popularizar e discutir o que realmente muda um país.

As principais hastags dos protestos: #vemprarua #ogiganteacordou #sp17j #passelivre #VerasQueUmFilhoTeuNaoFogeALuta #PrimaveraBrasileira #changebrazil

Essa apresentação do Luli Radfahrer é sensacional para esse momento:

Já sabe o que é Pinterest?

terça-feira, 20 de março de 2012

Pinterest vem da junção de “pin” (alfinete) com “interest” (interesse). É uma grande rede sociais de imagens que vem ganhand espaço no mercado e já um “xodozinho” dos antenados em tecnologia e arte.

No Pinterest as imagens são divididas por assunto (boards). É possível seguir pessoas (como no twitter) e pode fazer re-pin (uma espécie de retweetar) de uma imagem que você achou interessante. Também é possível comentar e dar like (tipo curtir) nas imagens que estão na rede e, cada vez que você acessa um site e dá PIN, você pode fazer um comentário de até 500 caracteres.

Acesse http://pinterest.com/ para conhecer. Já existem aplicativos da rede para os principais modelos de celular e sistemas operacionais também. Para entrar na rede você deve solicitar um convite, que demora em média dois dias para ser aprovado pela rede.

Já é possível ver as primeiras informações da rede nesse estudo recente da Maxymiser, que mostrou que artes, artesanato, moda e gastronomia são as categorias mais populares do Pinterest.

E você, já usa o Pinterest? O que tem achado dele? Se não usa ainda, pretende usar?

Todo mundo vai ler este post, menos Luiza, que está no Canadá

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

É mesmo incrível como algumas coisas ganham proporções impressionantes na internet, nos mostrando o poder das mídias sociais na divulgação de assuntos diversos, inclusive futilidades.

O novo assunto do momento em todas as redes sociais é #LuizanoCanada #VoltaLuiza. Não conhece a história? Assista então ao vídeo e saiba de onde surgiu o assunto:

A frase sem sentido e desnecessária no comercial virou a grande brincadeira da semana na internet, não só entre a elite paraibana. Veja AQUI algumas das piadinhas que surgiram com o tema.

E como a criatividade do brasileiro não para, até um jogo sobre o assunto já surgiu: http://luiza.fuze.cc/, criado pela escola de inglês Yázigi, que pegou carona no sucesso da Luiza. E o Magazine Luiza aproveitou a situação para fazer uma promoção (veja aqui), já que o nome da Loja refere-se também a uma outra Luiza.

Mas a Luiza verdadeira, filha do jornalista Gerardo Rabello, agora vai pegar carona na fama repentina e voltar ao Brasil. Rabello foi convidado por uma agência publicitária de João Pessoa para participar com sua família de uma propaganda de um novo empreendimento imobiliário na capital, mas, ao aceitar o convite, jamais poderia prever o sucesso que a ausência de sua filha faria.

Divertido ou fútil, a verdade é que sem muitas explicações para o sucesso, a frase “menos Luiza, que está no Canadá” já virou bordão na internet, assim como tantas outras como “senta lá, Cláudia” ou “Fica, vai ter bolo”, mas a minha versão preferida para a história do comercial é esta aqui: http://palavraimpropria.wordpress.com/2012/01/17/como-luiza-foi-parar-no-canada-relatos-da-vida-em-agencia/. Quem trabalha/trabalhou em agências de propaganda ou tem contato com elas como cliente, certamente vai se divertir com a imaginação dos bastidores da história, menos a Luiza, que está no Canadá…

O bebê risonho do Itaú

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Na tentativa de conquistar ainda mais o público jovem, falando as língua deles, o Itaú aproveitou um dos vídeos que foi sensação na internet recentemente para seu comercial na TV.

Há algum tempo atrás a gravação do bebê que rasga papel e se diverte incrivelmente com a ação estava sendo veiculada em todas as redes sociais.

O Itaú aproveitou a situação unindo o hit da internet com sua campanha de sustentabilidade, atingindo em cheio o público jovem, que conhece o vídeo, e também o público mais velho, já que é impossível não se apaixonar e rir com o bebê. Parabéns ao Itaú, que soube produzir uma bela campanha atingindo em cheio o seu target.

O fantástico mundo das mídias sociais

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Criado pela Video Info Graphs o vídeo mostra os novos e fantásticamente grandes números das redes sociais mais populares no mundo: Facebook, Twitter, Linkedin, Flickr, Google +, Instagram.

Depois que os smartphones se tornaram mais acessíveis a grande parte da população os números das redes sociais cresceram ainda mais. Usuários de smartphones são duas vezes mais ativos nas mídias sociais do que outros usuários que não possuem celular com internet, afinal, a mobilidade permite que estejamos conectados o tempo todo, inlcusive no banheiro. Sim, parece estranho, mas 60% desses usuários admitem estar conectados ao mundo e às redes sociais enquanto estão no banheiro.

Mulheres (55%) também são mais ativa nas mídias sociais do que homens (45%).

Assista ao vídeo e fique você também deslumbrado com os números grandiosos dessas mídias.

Comida para todos

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A fome mata 1 criança a cada 5 segundos no mundo. O que resulta em 5 milhões de crianças famintas mortas por ano, segundo Relatório Anual da FAO, 2004 (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação)*. Este relatório, estima ainda que fome e desnutrição custam US$ 500 milhões e US$ 1 trilhão, incluindo neste cálculo custos como perda de produtividade, renda, investimento e consumo.(Publicado na Folha de São Paulo, dezembro de 2004.) A parceria entre a Ticket® e a ONG Banco de Alimentos gerou a fanpage Comida para Todos no Facebook, com o objetivo de garantir alimentação dos que mais precisam e conscientizar as pessoas sobre a importância da doação.

Sempre que uma pessoa curtir a página, a Ticket® estará doando, automaticamente, R$ 1 real para a ONG Banco de Alimentos que, por sua vez, continuará seu projeto: garantir as três refeições diárias para mais de 22 mil pessoas, durante um ano. Por isso, quanto mais gente curtir, maior o valor doado e mais pessoas serão alimentadas. Aproveite para curtir você também!

É bom ver que as empresas estão entrando no Marketing 3.0, como diria Kotler. Segundo Philip Kotler, “Marketing 3.0”, a nova diretriz nas atividades de marketing de uma organização propõe deixar claro qual é a missão, a visão e quais são os valores dessa e de como a mesma está preocupada em agregar esses pontos aos interesses de seus públicos. :)

TEDxESPM acontece dia 29 de setembro

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Você conhece o TED e o TEDx?

“Ideias nos mostram caminhos. Ideias nos despertam para o futuro. Mas uma ideia só é boa, mas boa mesmo, quando compartilhada, dividida. E, nesse caso, dividir não diminui. Multiplica. Afinal, ideias só ganham vida quando não estão dentro de gavetas. TEDxESPM: um dia com grandes pensadores. Um dia iluminando mentes.”

O TED é uma organização sem fins lucrativos que se dedica às ideias que merecem ser espalhadas. O TED cresceu para dar suporte a essas ideias que mudam o mundo através de múltiplas iniciativas. No TED, os maiores pensadores mundiais são convidados a fazer, em 18 minutos, a palestra de suas vidas. Muita gente bacana já passou pelo evento: Bill Gates, Jane Goodall, Elizabeth Gilbert, sir Richard Branson, Benoit Mandelbrot, Philippe Starck, Ngozi Okonjo-Iweala, Isabel Allende e o ex-primeiro-ministro da Inglaterra, Gordon Brown.

No espírito de promover ideias que merecem ser espalhadas, o TED criou um programa chamado TEDx. O TEDx é um programa de eventos locais, onde o x= evento TED organizado de forma independente, que reúne pessoas para compartilharem uma experiência ao estilo TED. No TEDxESPM, vídeos chamados de TEDTalks e palestrantes ao vivo irão oferecer uma rápida mas profunda discussão e uma conexão com um grupo pequeno. O TEDxESPM 2011 acontecerá dia 29 de setembro no auditório Philip Kotler na ESPM-SP.

Eu tive a grata surpresa de ser uma das participantes no auditorio desse grande evento. Já estou contando as horas para ter essa experiência e prometo compartilhar os melhores momentos aqui no blog. Aguardem…

Confira AQUI os palestrantes do evento.

Fonte: TEDxESPM

22 de setembro – Dia Mundial Sem Carro

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

No dia 22 de setembro, amanhã, comemora-se o “Dia Mundial sem Carro”. Esse dia especial surgiu nessa data, na França, em 1997. Em 2000, a União Européia instituiu a Jornada Internacional “Na Cidade, sem meu Carro”, reunindo 760 cidades. No ano seguinte foram 1683 cidades participantes. Encorajados pelo êxito da iniciativa do Dia Europeu sem Carro, a comissão organizadora lançou, em 2002, a Semana Européia da Mobilidade.

No país verde e amarelo a iniciativa começou em 2001, envolvendo 11 cidades: Porto Alegre, Caxias do Sul e Pelotas (RS); Piracicaba (SP); Vitória (ES); Belém (PA); Cuiabá (MT), Goiânia (GO);Belo Horizonte (MG); Joinville (SC); São Luís (MA). Em São Paulo, a iniciativa é realizada desde 2005.

Saiba mais AQUI e aproveite para assistir ao bonito vídeo que incentiva o uso da bicicleta:

No dia 22 de setembro, deixe seu carro em casa e apóie essa causa!

Bazar de roupas no Facebook com a ajuda da Danone

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Não é de hoje que a mulherada, quase sempre louca por roupas, acha um jeitinho prático de trocar as peças entre as amigas. Antigamente fazia-se um dia inteiro para um bazar de troca de roupas na casa de alguém. Cada representante do sexo feminino levava as peças em bom estado que não queria mais ou já tinha se cansado de usar, para dar em troca de outra roupa quase novinha de alguma amiga que lhe caísse super bem.

As inovações tecnológicas permitem fazer um bazar de troca de roupas online e agora a Danone, proprietária da marca de água Bonafont, aproveitou a ideia e lançou um bazar de roupas através do Facebook.

Conheça a fanpage: facebook.com/BonafontBrasil

O processo para trocar suas roupas é simples: você “curte” a página, aceita o aplicativo e tira foto das roupas que quer disponibilizar para troca e depois é só trocar com seus amigos. A ideia é eliminar o excesso de roupas e abrir espaço para uma vida mais leve, mas é importante ler o regulamento direitinho antes de começar a participar.