Você sofre de SMPACI ou FOMO?

11 de julho de 2013

Você é daquelas pessoas que passa o tempo todo acessando o e-mail, o Facebook, o Twitter? A cada 5 minutos PRECISA olhar o que seus amigos estão postando, o que as pessoas estão comentando, qual é o assunto do momento?

Então talvez você sofra de SMPACI ou FOMO, as novas síndromes advindas do nosso uso uso excessivo da internet. A SMPACI, é a Síndrome do Medo de Perder Alguma Coisa na Internet, que, em inglês, chama-se FOMO, sigla para Fear of Missing Out.

Essa síndrome apareceu recentemente em uma pesquisa da MyLife.com, que mostrou que 56% dos usuários de redes sociais sofrem dessa espécie de medo de que alguma coisa importante aconteça na internet e eles estejam por fora do assunto.

Essas síndromes são uma das explicações para certos números impressionantes que revelam a forma do nosso hiperuso da internet. Dentre eles, a revelação de que os internautas brasileiros passaram em média 10 horas e 26 minutos navegando em redes sociais, segundo estudo recente do IBOPE Media. Ou, segundo a pesquisa da My Life, o fato de que 51% visitam as redes com mais frequência do que faziam há 2 anos, 27% checam Facebook, Twitter e afins logo que acordam e, em média, administram cerca de 3 endereços de email ao mesmo tempo.

Vale conferir o gráfico feito pelo Mashable com dados assustadores do nosso uso excessivo da internet. Veja AQUI.

O dia que o Brasil parou. E mudou. E, a cima de tudo, PENSOU.

18 de junho de 2013

Este não é um post sobre a manifestação, suas causas, seus objetivos, nem sobre partidos políticos, sobre esquerda ou direita. Ë um post sobre Comunicação.

Eu, como todo profissional de Comunicação e Marketing, independente das minhas ideologias, protestos, defesas ou ideais, às quais defendo quando se trata do meu ambiente pessoal, me emociono com o poder da comunicação e da revolução que qualquer ideal possa ter diante das redes sociais. O poder mobilizador das mídias coletivas é, no mínimo, emocionante e inspirador.

Segundo informações do Estadão e do mapeamento online feito pela Scup, os comentários, posts, fotos, independente de suas opiniões, impactaram potencialmente mais de 79 milhões de internautas até ontem (segunda-feira, 17 de junho de 2013). Contra ou a favor, com foco definido ou com vários focos, sem saber direito o que fazer ou o que dizer, uma massa desconexa ou não, mas olhando pelo lado comunicativo da ação, o povo ganhava voz imediata, repercutida ao vivo, sem fronteiras. Isso gera um marco histórico ao nosso País. Se temos inúmeras dúvidas ainda de como vai ser o final desse capítulo de manifestações, qualquer que seja ele, já virou histórico.

As redes sociais e a comunicação coletiva através dos meios digitais, principalmente, ajudaram a levar mais de 230 mil pessoas às ruas nas principais capitais do País. Imagine organizar essa multidão sem as redes sociais e a comunicação coletiva? Imagine como era muito mais difícil qualquer tipo de manifestação no passado, na época da ditaura ou mesmo mais recente, no impeachment de 92 do ex-presidente Fernando Collor de Mello. Qualquer que seja a causa e as lutas dos movimentos dos últimos dias e os muitos outros que tem acontecido no planeta nos últimos tempos, já proporcionamos uma mudança história de comunicação e pensamento, uma vez que as redes sociais são populares e democráticas.

Foto: Fábio Motta/Estadão

Não há dúvida de que este é um momento de transformação da sociedade, LINDO de ver de perto. Já vimos o mesmo acontecer em outros países, por outros grupos, com outras ideologias e protestos, em outras guerras, mas não havia acontecido de forma tão contundente no Brasil ainda. E ver isso ao vivo e a cores, nas ruas, nas janelas, nos carros ou na tela do computador, do smartphone ou do tablet, não importa. A revolução digital está acontecendo aqui e agora. E mais do que lutar por qualquer causa, a revolução digital faz algo muito mais significativo, ela faz o povo, acima de tudo, PENSAR. E não é pensar, discutir, debater e se mobilizar para ver o último capítulo da “Avenida Brasil” ou o jogo da Seleção, mas é pensar sobre aquilo que realmente importa. É lindo de ver que estamos criando, ou recriando, uma atuação cidadã consciente, usando os meios digitais para popularizar e discutir o que realmente muda um país.

As principais hastags dos protestos: #vemprarua #ogiganteacordou #sp17j #passelivre #VerasQueUmFilhoTeuNaoFogeALuta #PrimaveraBrasileira #changebrazil

Essa apresentação do Luli Radfahrer é sensacional para esse momento:

Guaraná Antártica lança aplicativo “Amigo do Melhor Amigo” para ajudar os cãezinhos da ONG Clube dos Vira-Latas

4 de dezembro de 2012

Enfim um aplicativo de Facebook por uma boa causa. Andam faltando apps no mercado que vão além do sorteio de prêmios e que realmente valorizem uma causa.

O Guaraná Antarctica e a ONG Clube dos Vira-Latas agora promovem, através de um aplicativo no Facebook chamdo “Amigo do Melhor Amigo”, encontros entre os cãezinhos que precisam de ajuda e gente que está a procura de um companheiro canino.

Participar é simples, basta acessar o aplicativo (AQUI), aceitar os termos de uso e escolher um cachorrinho para adotar ou simplesmente apadrinhar um deles – isto é, divulgando fotos e dados e ajudando-o a encontrar um lar. A ação só acaba quando todos os cãezinhos forem dados.

Eu apadrinhei o “Thor”. Não é uma graça?

Já é Natal para o Marketing…

29 de novembro de 2012

O Natal já está quase chegando e muitas empresas já utlizam o evento especial, que toca o coração das pessoas, para aumentar suas vendas. Algumas delas utilizam a oportunidade de maneira muito criativa, como foi o caso da Bauducco.

Vale visitar o site: http://www.natalbauducco.com.br/ e chamar as crianças. É uma incrível oportunidade delas conversarem diretamente com o “Bom velhinho”.

Em um ambiente bastante Natalino as pequenos podem interagir com o Papai Noel. Digitando dados simples, como idade, cor preferida e nome, a criança consegue criar uma história bem personalizada para o seu próprio presente, sem falar na simpatia do Papai Noel no vídeo.

Além disso é possível ainda brincar com o Natal através de outras atividades no mesmo site, como a pintura de cenários natalinos, floquinhos de neve frente à sua webcam ou mesmo escrever sua própria cartinha pra o Papai Noel. Quem tem filhos ou crianças na família vai adorar, mas, se não tiver nenhuma criança por perto e resolver você mesmo brincar sozinho, também vai curtir bastante :)

Qual é o perfil do profissional de vendas hoje?

15 de novembro de 2012

Qual é o perfil do profissional de vendas hoje? Como é a organização em que ele atua neste novo mundo corporativo? O que é o novo mundo corporativo? Quais as maneiras para ter mais sucesso nele com menos stress? O que está mudando no nosso dia-a-dia e qual a melhor forma de encará-lo? De que forma as empresa decidiram encarar as mudanças do mercado numa época em que a tecnologia se renova a cada instante? Como posso vender mais e melhor? São perguntas aparentemente simples, mas de suma importância nos dias atuais. As constantes mudanças no mundo dos negócios nos desafiam a nos manter em contínua atualização e inovação. O vendedor do futuro, de Renato Gosling, traz dez entrevistas com empresários e executivos de destaque que dão diversos pontos de vista sobre a realidade do mercado, por meio de seus relatos e experiências nas diferentes áreas em que atuam.

Conheça as estratégias de marketing e vendas de Walter Longo, Vivianne Brafmann, Bia Kunze, Fábio Riccó, Gabriel Matias, José Carlos Neto, Marcelo de Salles Gomes, Léo Xavier, Romeo Busarello e Nélio Bilate, acompanhe as dicas apresentadas pelo autor e obtenha o sucesso profissional no novo mundo corporativo.

TRECHO DO LIVRO
O livro não discorre sobre árduas e densas estratégias de negócios, mas, de forma objetiva e envolvente, fala sobre negócios e vendas. Todos os entrevistados relatam seus desafios diários para vender produtos, ideias e, acima de tudo, ideias novas e desconhecidas, que requerem muita capacidade de articulação, persuasão e coragem.
Do prefácio de Romeo Busarello, professor do Insper e da ESPM e diretor 
de marketing, ambientes digitais e relacionamento com o cliente da Tecnisa

O AUTOR
Renato Gosling é especialista em comunicação e marketing com foco em digital e tendências do mercado digital, em mobile marketing e comunicação corporativa e interna. Palestrante e articulista, já trabalhou em diversas empresas do meio, como Y&R, Grupo Eugenio, Rede Elemídia e Hands Mobile. Recentemente, atuou como sócio-diretor comercial da FingerTips (aplicativos multiplataforma, sites móveis e games), empresa de mobile marketing do grupo .Mobi, pertencente à holding RBS. Atendeu contas de organizações como PepsiCo, Bradesco, Tecnisa, Cyrela, Dell Brasil, Nestlé, Fiat, HSM, Sul América, Natura e Amil.

SERVIÇO:
O VENDEDOR DO FUTURO
Renato Gosling | 168 pp. | 14 X 21 cm | R$ 29,90
Editora: Original | ISBN: 978-85-62900-13-6| CB: 9788562900136

Já sabe o que é Pinterest?

20 de março de 2012

Pinterest vem da junção de “pin” (alfinete) com “interest” (interesse). É uma grande rede sociais de imagens que vem ganhand espaço no mercado e já um “xodozinho” dos antenados em tecnologia e arte.

No Pinterest as imagens são divididas por assunto (boards). É possível seguir pessoas (como no twitter) e pode fazer re-pin (uma espécie de retweetar) de uma imagem que você achou interessante. Também é possível comentar e dar like (tipo curtir) nas imagens que estão na rede e, cada vez que você acessa um site e dá PIN, você pode fazer um comentário de até 500 caracteres.

Acesse http://pinterest.com/ para conhecer. Já existem aplicativos da rede para os principais modelos de celular e sistemas operacionais também. Para entrar na rede você deve solicitar um convite, que demora em média dois dias para ser aprovado pela rede.

Já é possível ver as primeiras informações da rede nesse estudo recente da Maxymiser, que mostrou que artes, artesanato, moda e gastronomia são as categorias mais populares do Pinterest.

E você, já usa o Pinterest? O que tem achado dele? Se não usa ainda, pretende usar?

Agora é a vez dos pais do bebê risonho do Itaú aparecerem

13 de fevereiro de 2012

Agora que todo mundo já viu o bebê risonho do Itaú, que chama-se Micah, na internet e na TV, é a hora de conhecer os pais dele.

Depois de aproveitar o vídeo de Micah que foi sucesso na internet, o Itaú aproveitou a boa repercussão da campanha para ampliá-la e mostrar quem são os pais do adorável bebê.

No vídeo os pais de Micah contam a história da gravação e ainda responde à polêmica da almofada que aparece atrás do bebê no vídeo que, supostamente, faz alusão a folha de maconha.

De um jeito descontraído e simpático, o Itaú ganha mais alguns pontos com a audiência que gosta de boas e criativas propagandas.

Veja AQUI o vídeo do bebê que reforça a campanha do Itaú na redução do uso de papel.

E assista logo abaixo o vídeo com os pais dele:

Tem como não amar essa campanha?

SOPA? PIPA? Como essas quatro letrinhas podem afetar de forma negativa sua vida

19 de janeiro de 2012

Tem ouvido falar muito de SOPA e PIPA nos últimos dias na internet e não faz ideia do que seja e como afeta sua vida? Se você não está nem preocupado com o assunto, é melhor conhecer mais sobre ele e repensar seus conceitos, porque as decisões que podem ser tomadas lá nos Estados Unidos, se estes dois projetos de Lei forem aprovados, vão afetar seu dia a dia, influenciando na sua liberdade na internet e de todo o resto do mundo.

As propostas de lei se chamam Stop Online Piracy Act, conhecida como SOPA, e Protect IP Act (Ato de Proteção à Propriedade Intelectual), ou PIPA. Ambas são designadas a solucionar o problema de sites baseados no exterior que vendem filmes piratas, músicas e outros produtos, mas da forma como estão sendo conduzidos, afetarão a geração de conteúdo e disseminação do conhecimento, ou seja, as maiores riquezas da internet.

O vídeo abaixo explica como podemos ser afetados por SOPA e PIPA. Vale a pena ver:

A oposição de sites como Wikipedia, Google, Facebook, Twitter e outros já está sendo bastante grande, mas todos nós podemos colaborar com a petição que é contrária às propostas da lei americana: http://americancensorship.org/modal/state-dept-petition/index.html Faça a sua parte e assine já!

Todo mundo vai ler este post, menos Luiza, que está no Canadá

18 de janeiro de 2012

É mesmo incrível como algumas coisas ganham proporções impressionantes na internet, nos mostrando o poder das mídias sociais na divulgação de assuntos diversos, inclusive futilidades.

O novo assunto do momento em todas as redes sociais é #LuizanoCanada #VoltaLuiza. Não conhece a história? Assista então ao vídeo e saiba de onde surgiu o assunto:

A frase sem sentido e desnecessária no comercial virou a grande brincadeira da semana na internet, não só entre a elite paraibana. Veja AQUI algumas das piadinhas que surgiram com o tema.

E como a criatividade do brasileiro não para, até um jogo sobre o assunto já surgiu: http://luiza.fuze.cc/, criado pela escola de inglês Yázigi, que pegou carona no sucesso da Luiza. E o Magazine Luiza aproveitou a situação para fazer uma promoção (veja aqui), já que o nome da Loja refere-se também a uma outra Luiza.

Mas a Luiza verdadeira, filha do jornalista Gerardo Rabello, agora vai pegar carona na fama repentina e voltar ao Brasil. Rabello foi convidado por uma agência publicitária de João Pessoa para participar com sua família de uma propaganda de um novo empreendimento imobiliário na capital, mas, ao aceitar o convite, jamais poderia prever o sucesso que a ausência de sua filha faria.

Divertido ou fútil, a verdade é que sem muitas explicações para o sucesso, a frase “menos Luiza, que está no Canadá” já virou bordão na internet, assim como tantas outras como “senta lá, Cláudia” ou “Fica, vai ter bolo”, mas a minha versão preferida para a história do comercial é esta aqui: http://palavraimpropria.wordpress.com/2012/01/17/como-luiza-foi-parar-no-canada-relatos-da-vida-em-agencia/. Quem trabalha/trabalhou em agências de propaganda ou tem contato com elas como cliente, certamente vai se divertir com a imaginação dos bastidores da história, menos a Luiza, que está no Canadá…

O bebê risonho do Itaú

17 de janeiro de 2012

Na tentativa de conquistar ainda mais o público jovem, falando as língua deles, o Itaú aproveitou um dos vídeos que foi sensação na internet recentemente para seu comercial na TV.

Há algum tempo atrás a gravação do bebê que rasga papel e se diverte incrivelmente com a ação estava sendo veiculada em todas as redes sociais.

O Itaú aproveitou a situação unindo o hit da internet com sua campanha de sustentabilidade, atingindo em cheio o público jovem, que conhece o vídeo, e também o público mais velho, já que é impossível não se apaixonar e rir com o bebê. Parabéns ao Itaú, que soube produzir uma bela campanha atingindo em cheio o seu target.